domingo, 22 de novembro de 2009


Uma bruxinha muito sapeca e que não mete medo em ninguém... Aliás, esta pecha de "bruxa malévola" nada mais é que a pura repetição de uma história, muitas vezes contadas, para desvirtuar o verdadeiro sentido das mulheres que há muitos séculos, como conhecedoras da natureza e portadoras de um ciclo interno lunar, sabiam (e sabem) interpretar os recados da natureza e identificavam as ervas que aliviavam e curaravam dores e sofrimentos.
Basta dar uma olhada nas publicações- resultados de pesquisas sobre o tema!
Como apropriadamente registrou Rita Lee " Nem toda feiticeira é corcunda... nem toda brasileira é só bunda"

Nenhum comentário: