quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Passo a passo da bailarina em cabaça

Arte com cabaças – passo a passo – Parte 1

Por Márcia Accioly.

A cabaça (poronga) é uma planta rasteira que apresenta formas variadas e permite significativa variedade de criações. Elas são adquiridas em mercados públicos – pelo menos é essa a minha realidade. Ao comprá-las, observe se estão furadas, pois há o indicativo de estarem infestadas de bichinhos; observe também se estão quebradas ou rachadas, pois não servem para artesanato. É normal encontrar alguma delas cobertas por uma espécie de casquinha, mas essas logo saem quando a gente umedece e  depois raspa com uma faquinha,  passando, logo em seguida, uma bucha áspera.

Posted by Picasa
Depois de limpas e tratadas, deixo levar sol para ficarem bem sequinhas. Então, passo uma demão de tinta branca e, logo em seguida, aplico a  cor desejada para o trabalho. Quando estou nessa fase, minha imaginação já encontrou o objeto a ser preparado. Para evitar infestações de bichinhos, faço um pequeno furo no fundo da cabaça e coloco um produto para matar cupins. Logo em seguida tapo  com massa biscuit. O produto que uso, vem com um biquinho facilitador da aplicação. Uso luvas e realizo a atividade em local ventilado, pois o cheiro é muito forte.

Esta é a parte da preparação da cabaça! Vamos agora ao processo de criação em si, com o uso da massa biscuit para compor o artesanato. A peça escolhida foi uma bailarina.
 Arte em cabaça – Parte 2
Comece pintando a massa biscuit – eu prefiro  dar a tonalidade antes da modelagem, pois  evita borrados. Use tinta para tecido, tinta óleo ou tinta acrílica. Também existe no mercado um pó corante, que se adquire em lojas especializadas e que é ótimo para dar a tonalidade. Faça todo este trabalho de pintura da massa biscuit antes de modelar a peça,pois facilitará sua tarefa. Envolva as poções em papel filme e guarde em local fechado como, por exemplo, num recipiente de plástico. A massa biscuit seca rápida se colocada ao vento, fica quebradiça e difícil de manipular.
Modele as peças... Veja as fotos. Use ferramentas e boleadores. Para fazer a cabeça da bailarina use uma bolinha de isopor, dê um corte pequeno tirando uma tampinha na bolinha de isopor para formar a parte superior da cabeça e lixe com uma lixinha pequena, seguindo uma única direção,  para alisar. Cubra essa bolinha com a massa biscuit na cor pele ou, se desejar uma moreninha, tinture a massa com um pouco da cor sépia. Lembre-se que, ao secar, o biscuit fica com a tonalidade mais escura; portanto, não carregue na tinta! Forre a bolinha de isopor com essa massa e modele uma bola não muito redonda, pois o formato da cabeça não é tão redondo – parece uma dessas lâmpadas incandescentes!!!



Para marcar o narizinho use uma agulha de crochet e faça dois vincos paralelos. Nesta “nesga” que se formará será cortadas a boca, formada a parte logo acima dos lábios e o queixo. Alise as laterais com os polegares para formar as bochechas.  Use um boleador pequenino para marcar os lábios e faça dois pontinhos para criar o lábio superior. Para o lábio inferior faça duas covinhas em cada lateral do corte da boca e com o boleador maior ligue um lado ao outro pela parte de baixo. Puxe um pouquinho da massa para fora, formando assim o beicinho. Alise a massa para baixo para formar o queixo e segure a bolinha entre o polegar e o indicador, afinando o queixinho. Para marcar os olhos aperte a massa com os dedos polegares acima do nariz, formando uma baixinha. Faça o orifício das narinas e vá modelando. Para arredondar as narinas use o boleador pequeno, introduzindo-o nos orificios anteriormente preparados.  Siga o conjunto das figuras. Para modelar as orelhas faça duas coxinhas pequeninas  e cole-as nas laterais da cabeça, na mesma altura dos olhos. Use o boleador para modelar. Após modelagem da cabeça coloque um pedacinho de um palito de churrasco, na área correspondente ao pescoço, para ajudar a fixar a peça na cabaça. Use cola de artesanato.

Para os bracinhos modele dois rolinhos, marque o meio e os locais das mãos, fazendo um achatadinho. Corte um “V” em cada uma das extremidades deste achatadinho para formar os dedos polegares. Observe a disposição deles conferindo com as suas próprias mãos. Use uma “faquinha” para demarcar o local dos dedos, marque os dedos e separe-os cortando com uma tesourinha. Modele os dedos e as unhas (use uma faquinha). Quando terminar coloque dois palitinhos  que servirão para prender os braços na cabaça.
Concluída a modelagem prepare dois rolinhos pequeninos para os pés na cor pele e vermelho, para as sapatilhas. Afine um pouco a ponta, deixando-a meio quadradinha. Cubra os pezinhos com massa biscuit tingida  na cor escolhida formando a sapatilha.Passe uma quantidade de massa na extrusora com bico redondo e fininho e prepare a sapatilha, arrematando-a com uma lacinho. Colei um palitinho na ponta para facilitar o encaixe na cabaça.


Pinte os olhos da bailarina com um pincel fininho: primeiro faça uma bolinha branca – deixe secar – depois pinte a íris do olho na cor escolhida. Faça o contorno dos olhos com tinta preta e ainda o brilho com um pontinho de tinta branca, feita com o uso do pinta bolinhas; pinte as sobrancelhas com tinta marrom e a boca com tinta vermelha; coloque blush nas bochechas. Reserve.

Montando as peças:
Faça um furo na parte superior da cabaça e cole a cabeça arrematando-a com uma golinha de massa biscuit. Fazer dois furinhos paralelos e colar os bracinhos. Colar os pés. Para o cabelo, preparar uma bolinha de massa biscuit tingida na cor desejada e colar na cabeça ( que já deve estar mais sequinha = no dia seguinte), fazendo uns vincos para imitar os cabelos. O coque é feito na extrusora, fio mais grossinho, enrolado como para uma trancinha. Coloque brilho para dar mais glamour!

O resultado final é Belarina ou uma bela bailarina!


Um comentário:

Dairo disse...

excelente trabalho!
parabems.